Projeto Café e Biodiversidade

O Projeto Café e Biodiversidade teve início no Imaflora em 2006, impulsionado pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), para ampliar as áreas de café certificado na América Latina e fortalecer o mercado em todo o mundo.

Desde então, o Imaflora divulga os conceitos da certificação através de palestras, treinamentos, dias de campo e participação na criação de políticas públicas para o setor.

O projeto acontece de maneira complementar a Certificação Agrícola do Imaflora. Além do Brasil, mais cinco países participam da iniciativa, buscando aumentar as suas áreas certificadas de café: Colômbia, Peru, El Salvador, Guatemala e Honduras.