13 a 17 Março 2017

WORKSHOP REDD+ AMAZÔNIA

Fotos
Vídeo
Descrição

WORKSHOP REDD+ AMAZÔNIA

Do desenvolvimento à implantação. Encontre as principais referências do Brasil em projetos de carbono.

Imaflora, Hdom e INPA desenvolveram o workshop que busca reunir, em regime de imersão, as principais referências em projetos de carbono no Brasil e proporcionar troca de experiência entre investidores, consultores, desenvolvedores de projetos de REDD+. Além disso, os realizadores acreditam que o evento contribuirá para que os mercados de carbono cresçam com credibilidade, consistência e incorporando salvaguardas socioambientais.

Objetivo

Apresentar os fundamentos necessários para o desenvolvimento e implantação de projetos de REDD+ com credibilidade, consistência e salvaguardas socioambientais.

Local

INPA - ZF2 - Estação Experimental de Silvicultura Tropical, Manaus (AM).

Público-alvo

Desenvolvedores de projetos de carbono, prestadores de serviços florestais, representantes do governo, empreendimentos de manejo florestal, proprietários de florestas, professores, investidores, brokers e retailers, representantes de sistema de verificação e outros corpos de certificação, estudantes da área florestal e ambiental.

Vagas disponíveis

20 (Vagas limitadas. Garanta sua participação, preenchendo a ficha de inscrição aqui e efetuando o pagamento).

Programa

Programação preliminar:

08h00 – 21h00 | Atividades relacionadas aos eixos temáticos:

  • Mudanças Climáticas

  • Créditos de Carbono

  • Adicionalidades

  • Estudo de Viabilidade Jurídica

  • Política Pública Brasileira para REDD+

  • Politicas Internacionais e Investimentos em REDD+

  • Alometria e Biomassa

  • Estudos Fundamentais (Análise social e financeira, inventário florestal, biodiversidade, estimativas dos estoques, sensoriamento remoto)

  • Elaboração do projeto

  • Implementação do REDD+

  • Validação e verificação

Facilitadores:

  • Dr. Niro Higuchi: INPA.

  • Mateus Bonadiman: Hdom.

  • Dr. Thiago Ricci: Ludovino Lopes, Ricci e Santos Advogados.

  • Dr. Joaquim dos Santos: Membro da comissão editorial da Revista Acta Amazonica .

  • Dr. Adriano Lima: INPA.

  • Dra. Maria Inês Gasparetto Higuchi: INPA.

  • João Tezza: Consultor.

  • Dr. Francisco Higuchi: Hdom.

  • Márcio Amaral, MsC: INPA.

  • Dr. Carlos Celes: INPA.

  • Bruno Brazil de Souza: IMAFLORA.

  • Pedro Soares: IDESAM.

  • Dr. Tiago Reis: IPAM.

Duração

Carga horária: 57 horas.

Instrutor(a)

Perfil dos facilitadores:

NIRO HIGUCHI | Casado (Maria), pai de três filhos (Inezita, Chico e Guga) e avô de dois netos (Gabriel e Eduardo). Chavantense (SP) nascido em Jacarezinho (PR), em 1952. Engenheiro Florestal (UFPR-1975), Mestre (UFPR -1978), Doutor (Michigan State University-1987) e Pós-doutorado (University of Oxford-1998). Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Laboratório de Manejo Florestal (LMF), em Manaus (AM), desde 1980, com passagem pela Universidade Federal de Mato Grosso (1978 e 1979). Atua principalmente na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Inventário e Manejo Florestal. Responsável pela disciplina de Manejo Florestal do curso de PG em Ciências de Florestas Tropicais do INPA. Membro titular da Academia Nacional de Engenharia (ANE) e da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

ADRIANO JOSÉ NOGUEIRA LIMA | Pesquisador Adjunto do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA. Doutor em Ciências de Florestas Tropicais (CFT/INPA). Área de pesquisa manejo florestal. Envolvimento em vários projetos, entre eles: projeto Chichuá "Inventário florestal contínuo em áreas manejadas e não manejadas do Estado do Amazonas"; INCT Madeiras da Amazônia; Dinâmica do Carbono da Floresta Amazônica - CADAF; Elaboração e Aprovação de PMFS em Pequena Escala no Estado do Amazonas. Experiência em inventário florestal contínuo (IFC); monitoramento e dinâmica florestal; alometria de volume e carbono da floresta amazônica.

JOAQUIM DOS SANTOS | Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Mato Grosso (1980), mestrado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná (1986) e doutorado em Ciências Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (1996). Atualmente é revisor - Revista Árvore - Revista de Ciências Agrárias (Belém), Revista Ciências Agrárias de Pernambuco, Revista Ambiência do Paraná e Revista Floresta do Paraná - Atualmente é membro da comissão editorial da Revista Acta Amazonica (Manaus). Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Administração Florestal, atuando principalmente nos seguintes temas: inventário florestal, crescimento, parcelas permanentes, manejo florestal e produção florestal.

MARIA INÊS GASPARETTO HIGUCHI | Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1979), mestrado em Ecologia Humana - Michigan State University (1986) e doutorado em Antropologia Social - Brunel University of London (1999). Atualmente é pesquisadora titular do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, coordenando o Laboratório de Psicologia e Educação Ambiental. Também atua como professora membro permanente dos cursos de Mestrado em Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade Ambiental na Amazônia (mestrado e doutorado) da Universidade Federal do Amazonas. Atua nas áreas de Psicologia Social do Ambiente, Educação Ambiental e Antropologia Social.

CARLOS HENRIQUE SOUZA CELES | Doutorando em Ciências de Florestais Tropical, com tema em Biomassa e Sensoriamento Remoto. Mestrado em Ciências de Floresta Tropical, pelo Instituto de Pesquisa da Amazônia -INPA. Graduação em Engenharia Florestal pela Universidade de Brasília (2007).

MATEUS BONADIMAN | Possui graduação em Engenharia Elétrica (2001) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestrado em Engenharia Eletrônica e Computação (2004) pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e MBA em Gerenciamento de Projetos (2008) pelo Instituto Superior de Administração e Economia (ISAE/FGV). Durante o período de formação (graduação e mestrado) desenvolveu projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na área de antenas (micro-ondas) onde publicou inúmeros artigos científicos. Após este período, atuou na área de tecnologia, na área de desenvolvimento de software, como Engenheiro Sênior e, posteriormente, como Gerente de Projetos no Instituto Nokia de Tecnologia (INdT) entre 2007 e 2009. Depois, também na área tecnológica, atuou como Gerente de Negócios na Engineering Simulation And Scientific Software (ESSS) entre 2009 e 2011. Em 2009 ajudou a fundar a Hdom Consultoria Ambiental, atuando como desenvolvedor de negócios, gerenciamento de projetos e administração da Empresa, onde até o momento desenvolve atividades. Como complemento à formação, possui certificado Project Management Professional (PMP), Scrum Master (SM), Product Owner (PO) e participou de inúmeros treinamentos técnicos e de gestão.

FRANCISCO GASPARETTO HIGUCHI | Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná (2006), mestrado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná (2007) e doutorado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná (2015). Atualmente é Diretor de Operações da Hdom Engenharia e Projetos Ambientais LTDA. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Manejo Florestal. Atuando principalmente nos seguintes temas: inventário florestal, manejo florestal, Mudanças Climáticas.

MÁRCIO ROGÉRIO MOTA AMARAL | Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM (2008) e Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Ciências de Florestas Tropicais (2013) - CFT/INPA (CONCEITO 5) com ênfase em manejo florestal. Atua principalmente nos seguintes temas: manejo florestal, inventário florestal, biomassa e identificação botânica. Atualmente é sócio diretor da empresa Hdom Engenharia e Projetos Ambientais.

ROGERIO RIBEIRO MARINHO | Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas (2009) e mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2011). Professor do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Amazonas. Doutorando do Programa de Pós-graduação em Clima e Ambiente (INPA/UEA). Tem experiências nas áreas de Sensoriamento Remoto, Geografia Física e projetos de conservação ambiental. Principais interesses: imagens de satélite, análise espacial, hidroclimatologia e mudanças no uso e cobertura da terra.

JOÃO TEZZA NETO | Iniciou a carreira como executivo do desenvolvimento sustentável na posição diretor de Mercados da Secretaria de Floresta e Extrativismo do Acre - SEFE (1999). Posteriormente coordenou o Instituto de Econegócios da Amazônia (2000-2005) também no Acre. No Amazonas desempenhou a função de diretor da Agência de Florestas do Amazonas – AFLORAM (2005-2006) e posteriormente diretor de Negócios Florestais da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas - ADS (2006-2007). Em 2008 passou a ocupar a posição de Superintendente Técnico-Científico da recém criada Fundação Amazonas Sustentável – FAS, participando ativamente do processo de estruturação da Fundação e seus programas respondendo diretamente pela implementação do Programa Bolsa Floresta nas 15 Unidades de Conservação do Amazonas (2008-2014). Ao longo de sua carreira desempenhou funções estratégicas e operacionais coordenando processos de planejamento, planos de negócios, desenvolvimento de tecnologias sociais para processos participativos, certificações, novos produtos, indicadores e gestão de equipes. Atualmente realiza consultoria para sustentabilidade envolvendo elaboração de projetos, planejamento estratégico e desenvolvimento de produtos inovadores. Finalizou em 2014 o MBA Executivo em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios na Fundação Getúlio Vargas e como atividade acadêmica é doutorando pelo Centro de Ciência do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia da UFAM/UNB.

BRUNO BRAZIL DE SOUZA | Eng. Florestal formado pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ). Biólogo formado pela Universidade de São Paulo (USP). Capacitado pelo Instituto Floresta Tropical (IFT) e Imaflora através do avaliações intensivas em Certificação Florestal FSC e Exploração de Impacto Reduzido. Formado como auditor líder em sistemas de gestão pela ATSG (Lead Assessor ISO 14001:2004). Tem oito anos de experiência com certificação FSC, onde trabalhou em auditorias e processos de certificação de manejo florestal e cadeia de custódia. Bruno tem cinco anos de experiência de trabalho com projetos de carbono e coordena a área de clima e serviços ambientais do Imaflora. Foi treinado pela Rainforest Alliance como auditor líder em projetos de carbono. Ele tem competência técnica nos padrões VCS e CCB e também expertise no desenvolvimento, implementação e monitoramento de políticas públicas de REDD+.

TIAGO GONÇALVES DE OLIVEIRA RICCI | Advogado, sócio fundador do escritório Ludovino Lopes, Ricci e Santos Advogados, atua há mais de 10 anos em políticas públicas, estruturação jurídica de empresas, empreendimentos e projetos na área de regulação climática, sustentabilidade, geração de ativos ambientais inovação tecnológica, economia digital, energia, estruturação de investimento (venture and seed capital) e educação socioambiental. Formado em Direito Tributário pela PUC São Paulo e LLM em Direito do Mercado Financeiro e de Capitais pelo INSPER, Tiago também possui especialização em Direito Tributário pela PUC São Paulo e extensão em Contabilidade pela IOB e pela Associação Paulista de Estudos Tributários – APET.

PEDRO GANDOLFO SOARES | Graduado em Bacharelado em Gestão Ambiental pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP), Pedro trabalha no Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM) desde o ano de 2008. Atualmente, como Gerente do Programa de Mudanças Climáticas e REDD+ do IDESAM, sua área de atuação está voltada ao desenvolvimento de projetos e iniciativas relacionadas ao mecanismo de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal (REDD+) na Amazônia brasileira. Pedro participou de diversos encontros das Nações Unidas relacionados às questões das mudanças climáticas e florestas e hoje apoia Estados e municípios da Amazônia a desenvolverem suas estratégias de combate e controle do desmatamento e promoção de cadeias produtivas sustentáveis.

TIAGO REIS | Formado em relações internacionais pela PUC-Rio, com especialização em gestão e avaliação de políticas públicas, e mestrado em ciência e política ambiental pela University College Dublin. É pesquisador de políticas ambientais públicas e privadas e gestor de projetos do IPAM, atuando em temas como código florestal, mudanças climáticas e uso do solo, instrumentos econômicos à conservação, como REDD+, desmatamento zero e sustentabilidade no agronegócio.

Investimento R$ 2.800,00
Informações

No valor do Workshop estão inclusos: hospedagem, alimentação, material didático teórico, experimentações práticas e translado aeroporto - ZF2 em horário determinado.

Condições de pagamento:

  • À vista: 5% de desconto no boleto bancário;

  • Em até 3 vezes sem juros no boleto bancário;

  • Em até 18 vezes via PagSeguro (consulte as taxas de juros antes de efetivar essa opção).

Dúvidas e informações:

Imaflora: Bruno Brazil de Souza | 19 3429 0815 | 19 98324 5522 | [email protected]

Hdom: Mateus Bonadiman | [email protected]

Materiais complementares

Cronograma completo

Matéria sobre o Workshop REDD+ Amazônia

Folder Workshop REDD+ Amazônia

Matéria do dia 01/02/2017 sobre o Workshop REDD+ Amazônia na Amazônia.org

Matéria do dia 01/02/2017 sobre o Workshop REDD+ Amazônia na Celulose Online

Matéria do dia 02/02/2017 sobre o Workshop REDD+ Amazônia no Estadão

Matéria do dia 02/02/2017 sobre o Workshop REDD+ Amazônia no Envolverde

Matéria do dia 02/02/2017 sobre o Workshop REDD+ Amazônia no IDESAM

Matéria do dia 06/02/2017 sobre o Workshop REDD+ Amazônia no FSC BRASIL

Artigo "Alternativas para um projeto de sucesso" de Francisco Gasparetto Higuchi publicado no dia 10/02/17 no blog Imaflora

Artigo "Por que devemos ter a experiência de aprender em campo" Mateus Bonadiman publicado no dia 17/02/17 no blog Imaflora