REGISTRO DE DENÚNCIA

POR FAVOR PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO

COMPARTILHE

O Espaço Amazônia é parte do Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC), que começa no dia 31, em Florianópolis.
 Nos dias 31 de julho, 1 e 2 de agosto, o Imaflora participará do Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC), que acontece em Florianópolis e apresentará as iniciativas desenvolvidas pela Instituição na Amazônia. Todas as ações têm como denominador comum a conservação da floresta e o reconhecimento do papel desempenhado pelas populações tradicionais na manutenção da floresta em pé e para o futuro sustentável da região.
Durante os três dias do Congresso, profissionais do Imaflora e representantes de comunidades quilombolas do Pará irão conversar sobre as ações desenvolvidas na Amazônia, no âmbito do Programa Florestas de Valor, de acordo com a seguinte agenda:
Dia 31/07, às 13 horas, a engenheira florestal do Imaflora Helga Yamaki, coordenadora do Origens Brasil irá explicar a Iniciativa. Construída pelo Imaflora e Instituto Socioambiental o Origens Brasil® tem o objetivo de mapear e conectar empresas e povos da floresta, com base em relações comerciais éticas e de longo prazo e que reconheçam os valores culturais, intangíveis e imateriais agregados ao produto.
Dia 31/07, ás 14h45, Léo Ferreira, biólogo e coordenador de projetos do Imaflora participa da conversa sobre o ‘ Histórico do mosaico das UCs da Calha Norte- da criação aos projetos atuais de desenvolvimento”, ao lado de representantes do ICMBio, Ideflor, Imazon e Fundação Moore.
Dia 1/08, às 12h30h – Lançamento da publicação “Concessões Florestais federais: participação, transparência e efetividade no uso dos recursos dos estados, municípios e comunidades locais”, coordenada pelo gestor ambiental Renato Morgado, da área de políticas públicas do Imaflora.
Dia 1/08, às 13h30h, o engenheiro agrônomo e Secretário Executivo adjunto do Imaflora, Roberto Palmieri e o Antônio Marcos Duarte Salgado, líder quilombola e morador da Floresta Nacional de Saracá Taquera vão abordar o tema ” Conectando empresas e consumidores com as cadeias de valor e populações das Unidades de Conservação” .
Dia 2/08, às 16h30, o engenheiro florestal Bruno Brazil fala sobre ‘ Certificação de Manejo Florestal e Serviços Ecossistêmicos de Unidades de Conservação. Será apresentado o sistema FSC ® (Forest Stewardship Council®, em português, Conselho de Manejo Florestal) de certificação de serviços ecossistêmicos, como pode gerar fluxos financeiros em Unidades de Conservação. Bruno Brazil vai levar exemplos de aplicações dessa certificação em outros países.
Para Roberto Palmieri, “o CBUC é uma oportunidade para avançarmos no conhecimento sobre o uso sustentável como estratégia para conservação da floresta  e refletir sobre o papel das populações locais para proteção das Unidades de Conservação”. 
O Programa Florestas de Valor e a iniciativa Origens Brasil® contam com patrocínio da Petrobras, financiamento do BNDES / Fundo Amazônia,  da Gordon e Betty Moore Foundation e da USAID (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional).
Sobre o Espaço Amazônia
Fazem parte do Espaço Amazônia um  conjunto de ONGs que somam décadas de experiências e atuação em diversas frentes da Amazônia brasileira, do Acre ao Maranhão, de Roraima ao Mato Grosso. Seja nas áreas de proteção à fauna, flora e povos tradicionais, manejo de recursos naturais ou investigações científicas de ponta, essas organizações representam a linha de frente da conservação amazônica.
São elas: o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio)Fundação Vitória Amazônica (FVA)Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam)Instituto de DesenvolvimentoSustentável Mamirauá (IDSM)Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB)Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon)Instituto de Manejoe Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora)Instituto de Pesquisa Ambientalda Amazônia (IPAM)Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ)InstitutoSocioambiental (ISA)Kanindé – Associação de Defesa EtnoambientalWildlife Conservation Society (WCS) BrasilWoods Hole Research Center (WHRC) e WorldWild Fund for Nature (WWF) Brasil.
Todas as ONGs integram a chamada Iniciativa Andes-Amazônia. Lançada em 2003 pela Fundação Gordon and Betty Moore, a iniciativa tem como meta conservar a biodiversidade e a função climática da Bacia Amazônica a longo prazo. Uma das principais estratégias adotadas pelas organizações é apoiar a criação e gestão efetiva de áreas protegidas na Amazônia, como as unidades de conservação. Com milhões de dólares de investimento na Iniciativa Andes-Amazônia, a norte-americana Fundação Moore é a maior doadora privada da conservação da Amazônia. Saiba mais aqui.
O que é o CBUC
Com mais de 20 anos de história, o Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação é um dos principais congressos da América Latina sobre a conservação da natureza.
Idealizado e organizado pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, o CBUC reúne a cada edição centenas de especialistas em biodiversidade e gestão ambiental para tratar das Unidades de Conservação em território nacional e de formas de fortalecer essas áreas protegidas.Em 2018, o Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação acontecerá em Florianópolis, Santa Catarina, nos dias 31 de julho e 1 e 2 de agosto. Saiba mais aqui.
Sobre o Imaflora
O Imaflora – Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola - é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos, que trabalha para promover a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais e para gerar benefícios sociais nos setores florestal e agropecuário. Com atuação nacional e participação em fóruns internacionais, foi fundado em 1995 e tem sede em Piracicaba, interior de São Paulo. Saiba mais em www.imaflora.org
Informações para a imprensa   Fátima Nunes – MTb 13.100(11) 3815.8162/ (11)98274. 5553
[email protected]


Imaflora

Imaflora

Compartilhar

Envie seu comentário