REGISTRO DE DENÚNCIA

POR FAVOR PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO

COMPARTILHE

Conservação da biodiversidade será debatida no Pavilhão
OliAle durante as Olimpíadas do Rio
Conheça no dia 11 de agosto o livreto “Parceiros da
Natureza” e receba um kit de produtos ecologicamente sustentáveis
Parceiros de Natureza: povos tradicionais e conservação
da biodiversidade
O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
(ICMBio) aproveita o contexto dos Jogos Olímpicos 2016 para, em articulação com
o Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), e com o
apoio da Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ),
promover o evento “Parceiros da Natureza: povos tradicionais e conservação da
biodiversidade”, a ser realizado no dia 11 de agosto de 2016, na cidade do Rio
de Janeiro no Pavilhão OliAle.
O evento, no formato de talk show, mostrará ricas
histórias de povos tradicionais que vivem em unidades de conservação da
natureza no Brasil. Nas unidades de conservação são desenvolvidas diversas
iniciativas bem sucedidas de uso sustentável dos recursos naturais. O talk show
colocará em evidência que em áreas protegidas povos e comunidades tradicionais
dão exemplos de como se pode conciliar a proteção do patrimônio natural com o
desenvolvimento sustentável; assim como relações comerciais que respeitam e
valorizam os modos de vida das comunidades e os produtos da biodiversidade
brasileira. Será uma oportunidade para mostrar o quanto assegurar a integridade
destes espaços é importante para a vida das populações tradicionais, e o papel
que exercem as instituições que apoiam e promovem a ponte entre empresas e
comunidades. Pretendemos expor e divulgar no evento em questão, como estas
relações contribuem para a conservação ambiental ao mesmo tempo em que resultam
na disponibilização de produtos ecologicamente sustentáveis para a sociedade.
Palestrantes
• Rômulo Mello, Presidente do ICMBio • Leo Ferreira, Coordenador de Projetos do IMAFLORA • Anselm Duchrow, Diretor do Programa Florestas Tropicais
da GIZ no Brasil• Juliana Simões, Diretora do Departamento de
Extrativismo do MMA (tbc)• Jeremias Dantas, comunitário da cooperativa COMFLORA• Dinael Anjos, Presidente da Associação da Reserva
Extrativista Tapajós Arapiuns TAPAJOARA• Joaquim Belo, Presidente do Conselho Nacional das
Populações Extrativistas (CNS)• Marco Matavelli, Diretor de Corporate Compliance e
Regulatórios da Symrise
Sobre o ICMBio e as unidades de conservação federais
Ao longo de seus nove anos de existência, o ICMBio tem
trabalhado para proteger o patrimônio natural e promover o desenvolvimento
socioambiental por meio de gestão nas unidades de conservação federais (UC).       As UC são áreas de proteção ambiental legalmente
instituídas pelo Poder Público, e dividem-se em dois grupos: o de proteção
integral e o de uso sustentável. Nas áreas de proteção integral, a preservação
da natureza  é o principal objetivo e as regras
quanto à utilização dos recursos naturais são mais restritivas. Já as unidades
de uso sustentável visam conciliar a conservação da natureza com o uso
sustentável dos recursos naturais. Atualmente, o ICMBio é responsável pela
gestão de 325 unidades de conservação federais, sendo 83 Reservas Extrativistas
(Resex) e Florestas Nacionais que têm povos e comunidades tradicionais como
beneficiários.
A prática do extrativismo é comum no universo cotidiano
das famílias beneficiárias destas áreas, de modo que óleos, castanhas, frutos e
a própria madeira constituem importantes objetos de exploração sustentável. Do
mesmo modo, a pesca artesanal tem grande importância na dieta alimentar dos
beneficiários, sendo ainda uma fonte alternativa de renda. Além destes produtos,
pode-se ainda citar outros tantos, trabalhados pelas populações tradicionais e
com alta aceitação de mercado.
Serviço
O quê: Parceiros de Natureza: povos tradicionais e
conservação da biodiversidadeOnde: Pavilhão OliAle, Leblon – Rio de Janeiro, na altura
do posto 11Quando: 11 de agosto 
de 2016, 16 ás 18h
Contato
GIZ: Anna Lena Schanz, Assessora de Comunicação,
[email protected], (61) 3328-3063DISAT/ICMBio:
[email protected]
Sobre a GIZ
Presente em mais de 130 países, a Deutsche Gesellschaft
für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, é uma das maiores empresas de
cooperação internacional para o desenvolvimento sustentável. A GIZ é uma
organização do governo alemão, sem fins lucrativos, que apoia desde o fomento
da economia e da criação de emprego, o trabalho com questões ambientais e
energéticas até a promoção da paz e da segurança. Seu objetivo consiste em
melhorar de forma sustentável as condições de vida das pessoas.
A GIZ apoia, por incumbência do Governo Federal da
Alemanha, instituições brasileiras em realizar programas governamentais do
Brasil, dentro das áreas principais – temáticas e regionais – acordadas entre
os dois países. As áreas prioritárias acordadas são: (1) energias renováveis e
eficiência energética, (2) proteção e uso sustentável das florestas tropicais.
A GIZ no Brasil participará durante os Jogos Olímpicos e
Paraolímpicos no Pavilhão “OliAle” do consulado alemão na praia Leblon com uma
exposição sobre a cooperação Brasil-Alemanha, uma excursão ao morro da
Babilônia para conhecer exemplos da cooperação, bem como diferentes eventos.




Imaflora

Imaflora

Compartilhar

Envie seu comentário