REGISTRO DE DENÚNCIA

POR FAVOR PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO

COMPARTILHE

A Casa Familiar Rural (CFR) de São Félix do Xingu é uma iniciativa inovadora no âmbito da educação territorial, destinada aos filhos e filhas dos agricultores familiares. É uma ação na qual a educação é concebida como meio para viabilizar, nas áreas rurais, a implementação de novos padrões de relação social no trabalho e com a natureza, tendo como princípios o desenvolvimento sustentável, a formação dos jovens e de suas famílias e a gestão da CFR pela Associação das Famílias.

“A Casa Familiar Rural é importante porque proporciona a mim, jovem do campo, oportunidade para obter conhecimento e técnicas. Com a Pedagogia da Alternância aplicada na CFR, consigo cuidar bem da terra utilizando práticas e manejo sustentáveis e me ajuda a valorizar a agricultura familiar. Na CFR sou estimulada a buscar conhecimento e oportunidades”. (Rosiane dos Santos Silva - aluna do 2º ano do ensino médio da CFR).

Para que as famílias e as comunidades possam assumir esse protagonismo, a capacitação continuada faz-se necessária. Esta é baseada nos princípios e práticas da Pedagogia da Alternância e do Projeto Político Pedagógico da CFR. Todavia, para que elas possam ocorrer, no mínimo uma vez por ano, é imprescindível que haja investimento, financeiro e humano, no processo de mobilização das famílias e na realização das capacitações, o que não ocorre desde 2016.

Pensando no fortalecimento da agricultura familiar, na formação de novas lideranças e na dinamização da assistência técnica local, o Imaflora, em parceria com a Comissão Pastoral da Terra – CPT e com a Cooperativa Mista dos Pequenos Produtores do Alto Xingu – CAMPPAX e contando com o apoio financeiro do Fundo Amazônia/BNDES e do Instituto Humanize, realizou no dia 14 de março de 2020 a primeira de uma série de capacitações, que contou com a participação de 55 pais, no universo de 60 jovens matriculados para o ano letivo de 2020.

“Há muito tempo não havia capacitações das famílias da CFR. Achei muito importante participar, pois assim a gente conhece o trabalho de cada um. Tenho uma filha na CFR e eu ia à escola para levar e busca minha filha, mas eu não conhecia bem a CFR. A capacitação foi muito importante por que fiquei sabendo mais sobre os projetos da escola. Agora estou bem esclarecida! Aos poucos vamos aprender e melhorar. Estou feliz e grata por participar da capacitação”. (Janaína Pereira Bezerra, mãe de aluno do 2º ano ensino médio e vice presidente da Associação das Famílias).

Os temas trabalhados foram: Origem, princípios e práticas da Pedagogia da Alternância; As especificidades das Casas Familiares Rurais e seu processo de formação e funcionamento; O Plano de Formação dos Jovens. Até final de maio de 2020, como produto de uma consultoria contratada pelo Imaflora, teremos o Plano de Formação das famílias.

“O Imafora tem interesse em apoiar o processo de capacitação das famílias por compreender que a gestão da CFR tem que ser feita por elas. Para que possam ter uma participação efetiva na gestão pedagógica, administrativa e financeira, elas precisam se capacitar. Sem as formações, as famílias não conseguem exercer o protagonismo desejado e a CFR corre o risco de se torna uma escola comum na zona rural, perdendo assim a essência da Pedagogia da Alternância”.  (Celma de Oliveira – analista de projeto do Imaflora).

Sobre o Imaflora

O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) é uma associação civil sem fins lucrativos, criada em 1995 sob a premissa de que a melhor forma de conservar as florestas tropicais é dar a elas uma destinação econômica, associada a boas práticas de manejo e à gestão responsável dos recursos naturais. O Florestas de Valor é um programa do Imaflora desenvolvido com o patrocínio da Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental. Mais informações: www.imaflora.org

Compartilhar

Envie seu comentário