Notícias - Imaflora e SEMA - MT se encontram para discutir a importância de aumentar a transparência no setor florestal - Imaflora

COMPARTILHE

Imaflora e SEMA - MT se encontram para discutir a importância de aumentar a transparência no setor florestal

14/09/2022

Autor(a): Imaflora

O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola - Imaflora, representado pelo Gerente Florestal Leonardo Sobral, esteve reunido com representantes da Secretaria de Meio Ambiente do Mato Grosso – SEMA-MT, em Cuiabá para discutirem a importância de aumentar a transparência no setor florestal, e como isso é estratégico para pensar em ações, seja no âmbito de licenciamento, de comando e controle.

Com a informação disponível, é possível aumentar a eficiência no monitoramento e dar maior credibilidade ao setor florestal.

Durante o encontro foram apresentados os avanços da Timberflow, plataforma online que apresenta, por meio de mapas e gráficos, o fluxo de produção e comercialização de madeira da Amazônia. A plataforma, que faz parte da Iniciativa de Legalidade Florestal do Imaflora, permite a visualização de informações relativas ao transporte, processamento e comercialização de madeira no Brasil, com especial foco na Amazônia.

A Iniciativa de Legalidade Florestal defende melhores práticas em transparência, participação e prestação de contas à sociedade. O Imaflora acredita que o engajamento da sociedade na defesa da floresta em pé, do manejo florestal responsável e de práticas éticas de comercialização da madeira é fundamental para a luta contra o desmatamento.

Em 2018, o Imaflora e o SEMA-MT assinaram um acordo de cooperação técnica que previa que informações sobre o fluxo de produção e a comercialização de madeira tropical, registradas no Estado, estariam disponíveis para consulta na plataforma Timberflow, e com este encontro, pode-se discutir também os próximos passos para o termo de cooperação já existente.

"Os desafios e soluções para um maior avanço da legalidade no setor florestal são grandes e exigem comprometimento de todos os setores. Os caminhos para fortalecer a produção florestal de forma sustentável virão a partir do diálogo e de uma construção coletiva em prol do desenvolvimento do país", afirma Leonardo.