REGISTRO DE DENÚNCIA

POR FAVOR PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO

COMPARTILHE




O povo indígena Paiter Suruí, de quatro diferentes aldeias da Terra
Sete de Setembro, em Rondônia, recebeu, esta semana, a sua certificação FSC® - Forest Stewardship Council® (Conselho de Manejo Florestal), após
auditoria de certificação socioambiental realizada pelo Imaflora (Instituto de
Manejo e Certificação Florestal e Agrícola), por meio da Associação Metareilá,
em cumprimento às normas FSC (Conselho de Manejo Florestal). O produto produzido e colhido por eles é a castanha brasileira.

Segundo a coordenadora de certificação do Imaflora, Junia
Karst: “a certificação FSC é muito importante, porque mostra aos consumidores
das castanhas dos Paiter Suruí que o produto foi manejado com boas práticas
socioambientais. Além disso, valoriza a cultura indígena e a conservação e
proteção das florestas onde vivem”, ressaltou.
O líder indígena, Almir Narayamoga Suruí, esteve presente
em todas as etapas e processos de auditoria e certificação. “A Associação
Metareilá vem atuando fortemente na valorização das florestas e essa
certificação mostra que estamos avançando. Por meio dela, os Paiter Suruí
desenvolveram mais consciência sobre as possibilidades de consumo responsável
da floresta”, destacou.
Leia mais aqui.
FSC® - N001877

Indígenas recebem certificado FSC® - Forest Stewardship Council® após auditoria conduzida pelo Imaflora
Imaflora

Imaflora

Compartilhar

Envie seu comentário