REGISTRO DE DENÚNCIA

POR FAVOR PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO

COMPARTILHE

Chega ao mercado paulista primeira linha com certificação da Rainforest Alliance Certified

Nessa Páscoa, os profissionais, que usam o chocolate como ingrediente de seus produtos, poderão oferecer um diferencial ao seu consumidor: responsabilidade social com o meio ambiente. Chega ao mercado a primeira linha de chocolates para coberturas de bolos, recheios e matéria-prima de doces, com a certificação socioambiental, identificada pelo selo Rainforest Alliance Certifed.
Industrializado pela Harald, tradicional fabricante brasileiro, a linha Harald Melken Unique Chocolate amargo 53%, tem cacau da fazenda M. Libânio, localizada no Sul da Bahia e auditada pelo Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola) que alcançou a certificação. 

Para conquistar essa certificação, o empreendimento precisa comprovar o cumprimento de mais de cem critérios sociais e ambientais, entre os quais aqueles que comprovem que suas práticas agrícolas promovem a biodiversidade da região, o respeito à vida silvestre, aos recursos hídricos, ao solo, e também levam em consideração a qualidade de vida dos trabalhadores e suas famílias, garantindo direitos e benefícios adequados, como salários dignos, água potável, segurança, acesso à educação e saúde. Nesse caso, certificação ganha relevância especial, pois a fazenda está numa região onde existe ainda um  grande remanescente de Mata Atlântica e possui 755 hectares de área de conservação. A M. Libânio é referencia em produção de cacau de qualidade, com amostras classificadas no “Salon Du Chocolat 2010” em Paris.  

A linha da Harald, com o cacau da M.Libânio, é apresentada em barras de 1 quilo, meio quilo, 400 gramas, grânulos ou pó, com as coordenadas geográficas identificando a procedência na embalagem. Assim, o consumidor ganha nova opção, que vai além da gastronômica: a de escolher, na prateleira do supermercado, o compromisso com boas práticas no campo, que contribuem com a conservação da natureza. 


Imaflora

Imaflora

Compartilhar

Envie seu comentário