REGISTRO DE DENÚNCIA

POR FAVOR PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO

COMPARTILHE

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos colocou o
meio ambiente na pauta global e destacou a necessidade de união dos povos para
a reversão dos efeitos das mudanças climáticas.
Antecipando a enorme visibilidade do evento, O IMAFLORA
colaborou ativamente, em duas frentes, para que os jogos, realizados no Rio de
Janeiro, fossem “mais verdes” e que o recado da sustentabilidade fosse o mais
longe possível.
Nos anos que antecederam a realização das Olimpíadas, o
IMAFLORA se engajou na batalha para mostrar a importância do uso de matérias
primas originadas do manejo responsável, para os produtos florestais e para os
agropecuários. Por isso, trabalhou muito para que toda a madeira utilizada nas
construções voltadas para a infraestrutura dos Jogos fosse certificada FSC.®
Certificação que, entre outros pontos, assegura que não houve desmatamento para
cultivo ou extração das árvores e  que os
trabalhadores desfrutaram de condições dignas para exercer suas atividades.
Na mesma linha, as caixas de madeira que embalam as
medalhas e o papel do certificado entregue aos atletas vitoriosos são
igualmente FSC®.


Com forte influência no aquecimento global, os produtos
agropecuários também mereceram atenção. O Imaflora contribuiu para a elaboração
do Guia Sustentável da Cadeia de Abastecimento, no âmbito da iniciativa Rio
Alimentação Sustentável, da qual faz parte.
Nesse caso, houve a recomendação para os fornecedores de
alimentos nos jogos preferirem os alimentos originados do bom manejo, bem como
aqueles certificados. O selo Rainforest Alliance Certified, auditado no Brasil
pelo Imaflora, reconhece inciativas de alto desempenho ambiental e social, em
produtos como o café e a carne, servidos nos Jogos.
As ações do IMAFLORA continuaram com o andamento da
competição, desta vez, voltadas para dar visibilidade às populações
tradicionais e á biodiversidade. Confira aqui.

Jogos mais verdes
Imaflora

Imaflora

Compartilhar

Envie seu comentário