COMPARTILHE

Compradores internacionais firmam compromisso com madeira responsável

14/07/2021

Autor(a): Imaflora

Carta assinada por trinta empresas de 10 países europeus que compram madeira brasileira foi baseada em estudo do Imaflora sobre o manejo florestal capaz de sustentar a produção

Liderado pela dinamarquesa Keflico, o documento, lançado em julho estava em construção desde 2020, através de articulações entre Leonardo Sobral, gerente florestal do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), e Kasper Kopp, coordenador de abastecimento e compliance da Keflico. “Iniciamos o diálogo para incentivar ações que os compradores europeus poderiam fazer para estimular o manejo florestal e a produção responsável de madeira na Amazônia”, destaca Sobral.

A carta apresenta o interesse em “madeira de origem boa e responsável; métodos de colheita de baixo impacto; práticas de manejo florestal que sustentem a produção florestal de longo prazo e madeira certificada FSC, incluindo mais espécies das madeiras menos conhecidas”. Baseada no primeiro boletim Timberflow  do Imaflora, que consolida dados sobre exploração madeireira a partir da plataforma de mesmo nome sobre o perfil da atividade madeireira na Amazônia entre 1998 e 2018, a carta salienta o potencial, apontado pelo estudo, de aumentar a área de concessão no Brasil para mais de 7 milhões de hectares no sul do Amazonas e oeste do Pará. O estudo avalia, ainda, que através do bom manejo florestal é possível frear o desmatamento, uma vez que se evita a exploração de novas áreas de floresta nativa nas regiões centrais da Amazônia.